Plágio é Crime e Copiar Não é Legal

Criamos o Site de sua Empresa por Apenas R$30 por mês

copyright

Recentemente iniciou-se uma conversa no Grupo para Blogueiros no Facebook acerca de plágio na Internet, onde vários blogueiros decidiram publicar artigos como este falando sobre o assunto, na tentativa de educar os novos blogueiros a não irem para o caminho errado.

Acontece que muitos blogueiros iniciam um blog da forma errada, ao invés de criarem seus próprios conteúdos, passam a copiar artigos de outros blogueiros, seja porque não tem as habilidades necessárias para escrever bem ou por pura preguiça mesmo. Muitos até assinam o conteúdo como se fossem de sua própria autoria, o que pode levar a problemas com a justiça.

Normalmente a ideia deste tipo de blogueiro é a de ganhar dinheiro fácil, o único trabalho que eles tem é a de adicionar toneladas de publicidades de programas de afiliados na página. Para movimentar o blog, eles dependem de visitas orgânicas vindas de buscadores como o Google e de outras formas de spam que tanto odiamos.

Só para você ter uma ideia da facilidade de plagiar, no WordPress existem plugins que fazem copias automáticas de posts de outros blogs, é só o autor publicar um novo artigo para que o mesmo post apareça em outros blogs em poucos minutos.

Sei que muitos blogueiros iniciantes fazem isso por pura inocência, achando que não trazem problema nenhum para o autor do artigo, mas infelizmente não é bem assim…

Penalização no Google
O blog plagiador pode estar recebendo visitantes que deveriam estar sendo direcionados para o artigo original. No pior dos casos, se o blog que está sendo plagiado for novo, existe a possibilidade de o Google e outros buscadores o penalizarem, achando que ele é o plagiador.

Desincentivo
Muitos bons escritores desistem de escrever publicamente, pois ficam cansados de ver seu trabalho sendo aproveitado por outras pessoas e poderem fazer pouca coisa a respeito.

Blogueiros Parasitas

Mas temos uma ajuda. Lá de cima

Felizmente o Google (também chamado carinhosamente de oráculo) entende bem que existe injustiça na Internet e trabalha para alterar seu algoritmo de indexação de forma que os blogs com conteúdo copiado sejam excluídos dos resultados das buscas, principalmente com as últimas atualizações que foram batizadas de Google Panda e Google Penguim.

Mas é claro que mesmo sabendo que estes blogs tem poucas chances de irem para frente, o sentimento de revolta permanece na cabeça dos injustiçados, que clamam por justiça.

O plágio é crime

Sim, o plágio é crime. No Brasil existe uma lei de “Crimes contra propriedade intelectual” no artigo 184 do código penal brasileiro que prevê pena de detenção de 3 meses a 1 ano ou multa para o plagiador. Isso quer dizer que se for comprovado que alguém está copiando o conteúdo de alguém e assinando como se fosse o autor, poderá ter problemas com a justiça e não um simples puxão de orelha.

Registre seu material

Outra forma de se prevenir e tornar mais fácil “meter um processo na bunda dos plagiadores” é registrar sua obra em órgãos especializados como a Biblioteca Nacional. Desta forma você terá como provar que você mesmo criou uma determinada obra.

Criar Site Grátis no Webnode

Mas posso copiar conteúdo de algum blog?

Sim, existem existem alguns blogs que seguem as regras do Creative Commons, que permite que seu conteúdo seja copiado, desde que não seja para fins comerciais e que o nome do autor e/ou um link para o artigo original esteja presente na cópia.

Também existem os blogueiros que somente permitem a cópia parcial de seu conteúdo, algo como uns 3 parágrafos, com a exigência de que seja adicionado um link para o artigo original.

Como Combater o Plágio

Infelizmente o plágio é algo muito difícil de se combater, demanda tempo e/ou dinheiro e o pior de tudo é que é uma briga sem fim, pois todos os dias aparecem novos plagiadores que se juntam ao exército de parasitas.

Os artigos em meus blogs são copiados todos os dias, não por um, mas por vários sangue sugas e o pior de tudo é que a cada dia surgem novos parasitas. Se eu fosse me preocupar com todos eles nem iria dormir, ficava louco ou apagava todo o meu trabalho só de raiva. Ainda bem que eu tenho o pé no chão e prefiro deixar isso por conta do próprio Google (embora já tenha derrubado alguns blogs de plagiadores).

Uma solução mais amigável seria entrar em contato com o plagiador explicando a situação e pedindo a exclusão de seus artigos, mas caso ele não queria facilitar as coisas ou seja impossível de contactá-lo (a maioria se esconde no anonimato) existem outras soluções mais drásticas.

O principais sistemas de blogs oferecem um formulário que pode ser utilizado para denunciar um blog que esteja plagiando.

Caso o blog não esteja em nenhuma das plataformas citadas acima, você ainda pode entrar em contato com a empresa de hospedagem em que o blog está armazenado. Toda empresa de hospedagem pode ser culpada como se fosse o plagiador em pessoa caso não queria colaborar com a solução do problema.

Como se aproveitar dos parasitas

Uma característica importante que eu notei nos plagiadores é que eles são preguiçosos por natureza, portanto apenas copiam e colam o conteúdo sem editar nada no post. Isso quer dizer que tudo o que vier junto com o artigo, será publicado em seu blog.

Portanto, podemos fazer algumas coisas para desincentivar o plágio e até mesmo se aproveitar deles para o seu benefício. É como diz aquele velho ditado “Se não pode vencê-los, junte se a eles”. Confira abaixo.

Tynt
O Tynt é um serviço grátis que depois de adicionado um pequeno código ao seu site, ele adiciona um link no final de cada texto copiado de forma automática. Além disso ele tem um painel e controle que mostra as URLs dos sites e blogs que estão copiando.

RSS Footer
Se você usa o WordPress para desenvolver o seu blog, poderá usufruir do plugin RSS Footer, que permite adicionar qualquer texto ou mesmo código HTML (poderia ser um banner por exemplo) no final ou antes dos artigos que aparecem no RSS Feed de seu blog. Desta forma sempre que alguém copiar o conteúdo de seu blog através do Feed, o texto ou o banner inserido no plugin será exibido junto do post no blog que copiou.

Links internos
Os links internos não ajudam somente o SEO do blog, mas também pode gerar algumas visitas extras caso o plagiador mantenha os links dentro dos artigos copiados. Pela minha experiência, isso é uma coisa normal, pois como eu citei acima, os plagiadores são muito preguiçosos para retirar os links.

Em breve irei citar aqui o link dos artigos dos parceiros que se uniram a esta causa. E você, já teve seus artigos plagiados? O que fez a respeito? Deixe seu comentário.

Sobre Celso Lemes

Blogueiro em tempo integral, faço da arte de escrever a minha profissão. Sem medo de errar, aprendendo a cada dia. Frase preferida? Sem saber que era impossível, ele foi lá e fez. Quer aprender como realmente ganhar dinheiro pela Internet? Então continue lendo meus artigos.
Adicionar a favoritos link permanente.

9 Comments

  1. Olá Celso.

    Realmente minha opinião sobre esses blogueiros que plagiam sempre foi a mesma “Eles são preguiçosos” e também como você disse só querem ganhar dinheiro fácil. Acho que essa atitude é completamente errada, e ainda é crime.

    Eu agradeço pelo seu comentário feito em meu blog. Abraços.

  2. Olá Celso,
    Excelente artigo, parabéns.
    Por sorte, nunca tive meus artigos plagiados (pelo menos por enquanto), mas se algum dia eu os tiver, tenho certeza que não irei polpar o plagiador e terei o maior prazer em denunciar para o Google.
    Abraços.

  3. Uma excelente notícia para sites e blogs que publicam conteúdo original, uma péssima notícia para os “spamers”. Foi lançado em agosto deste ano na versão em Português, o novo algorítimo do Google, batizado de “Panda Algorithm”, que promete mudar radicalmente os resultados de pesquisas.

  4. Olá Celso, também participei da campanha, e gostei bastante do seu artigo, claro e completo, mas pelos vistos o cara já apagou alguns artigos e fica difícil denunciar. agora só ficou a imagem suja mesmo.

  5. Pingback:Plágio na internet: como podemos acabar com isso? - Blogando com Facilidade

  6. Olá Celso! Ótimo artigo.

    Infelizmente os plagiadores estão sempre presentes em nosso blog e precisamos sempre combatê-los como uma doença sem cura, mas com uma dose de ajuda sempre seremos um pouco mais gratos.

    Eu realmente fico decepcionado com a sociedade em que vivemos. Pessoas incapazes de produzir conteúdo roubam daquelas que tem capacidade e sabem usar desse dom.

    O mais triste é que todos temos capacidade de escrever esses conteúdos, todos temos capacidade de aprender, estudar, ensinar, mas poucos querem usar isso, não aprimoram, as ferramentas ficam paradas, perdem a essência e a qualidade.

    Ser blogueiro com certeza é um orgulho, poder usar o meu conhecimento e ainda aprimorá-lo ensinando para outros é uma arte e nós metabloggers sabemos bem disso!

    Mas ainda há plagiadores que insistem na ideia de viver de quem produz conteúdo original, infelizmente não podemos fazer nada além de denunciá-los e tentar criar movimentos para conscientizar plagiadores inexperientes.

    Parabéns pelo artigo, até mais! 😀

  7. Óla Celso,
    Pensei que isso nunca aconteceria comigo,fiquei muito revoltado, ainda bem que gigante google esta do nosso lado.

    Parabéns pelas Informações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *